Arteris Fernão Dias faz alerta para evitar acidentes durante o período de férias

Durante as férias escolares o fluxo de veículos aumenta em grande parte das rodovias do país. Na rodovia Fernão Dias, entre Contagem e São Paulo, o volume de tráfego deve ser 18% maior entre os dias 15 e 21 de julho e, para evitar contratempos durante o trajeto, e também os acidentes, a Arteris Fernão Dias, empresa responsável pela administração dos 570 quilômetros da BR-381, dá algumas dicas de segurança que vão ajudar os motoristas a se programarem durante a viagem.

Faça a manutenção do veículo

Os motoristas devem ficar atentos às condições dos pneus, limpadores de para-brisas, freio, velas e sistema de arrefecimento, além de realizar a troca de óleo, do filtro de ar e de abastecer o veículo, sempre que houver necessidade. Os condutores devem respeitar os prazos e as orientações do manual do proprietário e recorrer a profissionais habilitados. A manutenção em dia evita quebras, gastos com consertos e principalmente os acidentes.

“Uma simples checagem antes de pegar a estrada pode evitar problemas como as panes mecânicas e elétricas, pneus furados, superaquecimento do motor e baterias descarregadas”, explica Edivaldo Braga, gerente de operações da Arteris Fernão Dias.

Uso do cinto de segurança

A Arteris Fernão Dias também alerta para o transporte dos passageiros. Todos os ocupantes do veículo devem usar o cinto de segurança. Um estudo realizado pela Arteris com 2.689 motoristas brasileiros, entre os dias 17 e 28 de agosto de 2018, examinou a frequência com que os condutores utilizam o cinto de segurança. De acordo com a pesquisa, quase 4,8% dos entrevistados alegaram que, ainda que raramente, deixam de utilizar o cinto de segurança.  E 35% dos motoristas, não exigem que os passageiros usem o dispositivo.

No caso das crianças, o ideal é acomodá-las nas cadeirinhas, com o cinto atado. Para os animais domésticos, compartimentos específicos evitam que o bichinho de estimação salte pelo vidro ou fique circulando pela área interna do veículo, podendo desviar a atenção do motorista.

Respeito a legislação de trânsito

Outro dado relevante da pesquisa e que pode comprometer a segurança durante a viagem é que 50% dos condutores afirmaram que nem sempre respeitam o limite de velocidade e 55%, ainda que raramente, têm o hábito de manusear o celular enquanto dirigem.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, o uso do celular como telefone, mesmo sem usar as mãos (usando fone de ouvido, por exemplo), é considerado infração média. Já o uso do celular como telefone, segurando-o com uma das mãos, e o manuseio do aparelho para ler ou enviar mensagens de textos, postar em redes sociais ou consultar aplicativos de trânsito, são consideradas infrações gravíssimas. Em ambas situações, o motorista está sujeito a penalização por multas e perda de pontos da carteira de habilitação.

“O mau uso do celular pelos condutores pode ter consequências graves. Um motorista que está falando ao telefone eleva seu tempo de reação a um estímulo visual em 16%.  Se ele estiver manuseando o celular, o tempo de resposta cresce ainda mais, 28%”, explica o gerente de operações da concessionária.

Organize as bagagens e o porta malas

Acomodar as bagagens dentro do porta malas também merece uma atenção especial. As malas devem ir, preferencialmente, no porta-malas. Os itens devem ser organizados no compartimento de forma que não fiquem soltos. Também evite carregar bagagens encobrindo a visão do motorista ou soltos nos bancos ou piso do automóvel, além de evitar multas, em caso de acidente ou até mesmo uma frenagem mais forte eles podem ser arremessados e machucar os passageiros.

O peso transportado é outro fator a ser observado. Todos os veículos têm uma capacidade de carga máxima, informação que se encontra disponível no manual do proprietário. Ultrapassar esse limite pode gerar quebra de componentes mecânicos, principalmente freios e suspensão, ou até mesmo o estouro de um pneu, causando um acidente.

Outro fator é a forma de dirigir. Lembre-se de que quando o automóvel está carregado seu desempenho é diferente de quanto está vazio. O veículo terá menor capacidade de frenagem, precisando antecipá-la. Além disso, há perda na capacidade de aceleração e retomada de velocidade, principalmente em modelos com baixa potência, o que demanda atenção ao acessar uma via de grande movimento ou fazer ultrapassagens.

Atenção com as queimadas e lixo na estrada

O período de inverno, que inclui as férias de julho, é bastante sensível a queimadas. Por isso, evite jogar bitucas de cigarros pelas janelas dos veículos e, caso aviste algum foco de queimada, ligue para a concessionária responsável pela via através do 0800 283 0381 ou para a Polícia Rodoviária, para que as devidas providências sejam tomadas.

Outro ponto importante é o descarte de lixo nas rodovias. Tenha sempre no veículo uma sacolinha de lixo, assim você pode evitar descartar papeis, garrafinhas, latas ou outros itens na rodovia.

Fonte: Arteris Fernão Dias

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam