Campanha Outubro Rosa contará com diversas ações em Extrema

Em outubro acontece a campanha mundial Outubro Rosa, que busca conscientizar todas as mulheres a respeito de prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, aumentando as chances de cura e reduzindo a mortalidade. Durante o mês, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Extrema estarão realizando diversas ações como palestras, orientações e atendimentos em saúde, exames clínicos, atividades físicas, entre outros. Para participar, a mulher deve procurar a unidade de saúde do seu bairro.

A doença é causada pela multiplicação de células anormais da mama que formam um tumor. Existem variações de tipos que podem se desenvolver de forma rápida ou mais lenta. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), o câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais comum, sendo registrados 2,09 milhões de casos em todo o mundo em 2018. Em Extrema, atualmente, 144 pacientes estão em acompanhamento de mama, casos não somente de câncer, mas também, de outras doenças que conseguiram ser diagnosticadas através da mamografia.

É de extrema importância que as mulheres a partir dos 40 anos realizem o exame de mamografia para descobrir o câncer ainda no início, o que eleva as chances de cura para 95%. Através da consulta e exames, o médico faz o encaminhamento para realização da mamografia pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que também oferece assistência médica, suporte emocional e tratamento contra a doença.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), evitar a obesidade, através de dieta equilibrada e prática regular de exercícios físicos, é uma recomendação básica para prevenir o Câncer de Mama, já que o excesso de peso aumenta o risco de desenvolver a doença. A ingestão de álcool, mesmo em quantidade moderada, é contraindicada, pois é fator de risco para esse tipo de tumor, assim como a exposição a radiações ionizantes em idade inferior aos 35 anos.

Todas as mulheres, independentemente da idade, devem observar suas mamas sempre que se sentirem confortáveis (seja no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano), sem técnica específica, a fim de identificar o que não está normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres, porém, a Secretaria de Saúde de Extrema alerta que o exame das mamas feito pela própria mulher não substitui o exame físico realizado por profissional de saúde (médico ou enfermeiro) qualificado para essa atividade.

Fonte: ASCOM – Prefeitura de Extrema

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam