Centro Municipal de Educação Especializada continua com atendimentos

Acompanhamento remoto já atinge 155, dos 170 alunos atendidos

O Centro Municipal de Educação Especializada continua com o acompanhamento remoto, atingindo 155 dos seus 170 alunos. Para os que não conseguem ter o atendimento virtualmente, a equipe gestora está realizando visitas domiciliares para compreender a situação e elaborar um plano de intervenção. Somente no mês de maio foram realizadas 15 visitas domiciliares.

O neuropediatra e a fonoaudióloga também estão realizando o atendimento de forma remota conforme a necessidade dos alunos e familiares. Os atendimentos remotos estão acontecendo no próprio centro com a supervisão da coordenadora de educação inclusiva.  A cada atendimento a sala é higienizada para o próximo paciente, atendendo todas as medidas de prevenção ao coronavírus.

O CRIE (Centro de Integração Especial) já conseguiu atingir 80% dos alunos matriculados com o atendimento remoto, conforme as diretrizes da secretaria municipal de educação.

As psicólogas escolares e psicopedagogas da rede municipal de educação estão realizando atendimento remoto aos alunos e familiares acompanhados pela educação inclusiva, bem como oferecendo acolhimento e orientação de pais de acordo com a necessidade. O atendimento presencial  também vem sendo realizado em situações de urgência/emergência  aos  alunos, familiares e servidores da rede municipal de educação.

“A psicologia vem dar suporte para os pais, professores e alunos. Com a pandemia, todos estão ansiosos e podem desencadear ansiedade e até mesmo depressão” explica a psicóloga Joelma Paula de Moraes.

O neuropediatra Walter Luiz Fernandes explica a importância desse acompanhamento durante a pandemia: “Todos nós estamos inseguros com essa situação toda, e nossos pacientes têm uma percepção mais destorcida. Se nós estamos com medo, eles estão com muito mais, tanto sobre vírus e quanto sobre a perda, a falta da escola, ficando inseguros, repercutindo no comportamento e no aprendizado”.

Para mais informações, basta ligar para o telefone (35) 3435-1030, falar com Carol Bernal e/ou Aridan Fernandes, ou você pode entrar em contato pelos e-mails educacaoinclusiva(@)extrema.mg.gov.br ou centrinho(@)extrema.mg.gov.br">centrinho(@)extrema.mg.gov.br.

Fonte: ASCOM – Prefeitura de Extrema

educacao especializadaeducacao especializada2

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam