Cerimônia de premiação da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

alunos premiados

O Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) anunciou os resultados da 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), no dia 30 de novembro, no portal oficial da competição (www.obmep.org.br).

Dos quase 18 milhões de alunos que participaram da maior disputa do gênero no mundo, 6.502 foram contemplados com medalhas, sendo 501 de ouro, 1.500 de prata e 4.501 de bronze. Também foram concedidas 42.482 menções honrosas.

Os alunos abaixo relacionados foram os premiados, representando o Município de Extrema:

E.E. Alfredo Olivotti – Euller José Sales Teles da Silva – Medalha de Bronze – nível 2

E.E. Alfredo Olivotti – Fernando Luciano de Almeida – Medalha de Prata – nível 3

E.E. Alfredo Olivotti – Julio César Mosqueiro Junior – Medalha de Prata – nível 3

E.E. Odete Valadares – Iná Senna Franco – Medalha de Bronze – nível 3

E.M. Evandro Brito da Cunha – Idian Camargo Capozzoli – Medalha de Bronze – nível 2

E.M. Evandro Brito da Cunha – João Paulo Ribeiro Pereira – Medallha de Bronze – nível 1

 

E.M. Evandro Brito da Cunha – Jonas Silva Rojas – Medalha de Bronze – Nível 1

A entrega ocorreu na última quinta-feira, 10 de agosto, no Clube Literário Recreativo Cachoeirense – Cachoeira de Minas / MG). Estavam presentes na Cerimônia, seus respectivos professores que tanto buscam a excelência da educação pública do nosso município, São eles: Ari Ferraza de Souza; Noroel Lamana Rossini, Paulo Henrique Rodrigues, Kátia Andrea Sant’Anna C. Lasso Souza, Márcio de Castro, Alexsander Cruz de Souza, Márcio de Castro. Acompanharam os alunos e professores a Gestora Escolar Vivian Alves A. de Toledo e a Coordenadora do Ensino Fundamental  Janette Evangelista de Toledo.

Os ganhadores de medalha terão a oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica Júnior (PIC-OBMEP), que será realizado em 2017. O aluno com participação regular no PIC terá direito a uma bolsa de Iniciação Científica Jr. do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI)

Neste ano, 99,6% municípios brasileiros tiveram inscritos, novo recorde da competição. A OBMEP 2016 teve 913.889 alunos classificados para a segunda fase. Mais de 90% das 47.474 escolas públicas participantes (123 delas indígenas) levaram alunos para fazer as provas em cerca de 9 mil centros, por todo o país. Parabéns alunos e professores de Extrema, vocês fazem parte da elite da educação brasileira!

Fonte: Ascom – Prefeitura de Extrema

professores premiados

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam