Energisa Sul-Sudeste orienta sobre cuidados necessários com as instalações elétricas para evitar acidentes

Instalações elétricas em boas condições são imprescindíveis para prevenir contratempos como quedas de energia, choques elétricos e até incêndios 

Lâmpadas, geladeira, televisão, carregador de celular, chuveiro, máquina de lavar, computador. A lista de aparelhos indispensáveis no cotidiano da maioria das residências é imensa, e praticamente todos eles dependem da energia elétrica. Por conta disso, manter as instalações elétricas de casa em boas condições é indispensável para evitar contratempos como quedas de energia, choques elétricos e até incêndios provocados por superaquecimento da fiação.

De acordo com Juliana Volpi Favaretto, coordenadora de Saúde e Segurança do Trabalho da Energisa Sul-Sudeste, instalações mal dimensionadas, ”gambiarras” e até o uso de materiais inadequados na fiação elétrica são alguns fatores que contribuem para ocorrências de acidentes elétricos. Por esse motivo, a conscientização permanente da comunidade sobre segurança está entre as prioridades da companhia.

“No dia a dia, muitas pessoas se esquecem da importância de revisar as instalações elétricas do imóvel. Com o passar dos anos e as novas tecnologias, é natural que a quantidade de aparelhos elétricos na residência aumente e nem sempre as instalações estão adequadas para a demanda de todos esses equipamentos”, alerta Juliana.

Há ainda quem ignore os “sinais de que algo não está certo” com as instalações. Queda frequente do disjuntor, cheiro de fio queimado ou aquecimento em plugues e tomadas, são indícios de que é preciso chamar um profissional. “Com eletricidade não se pode improvisar, qualquer erro pode ser fatal. A revisão periódica e a manutenção na rede devem ser feitas por um eletricista profissional, para evitar acidentes e garantir um diagnóstico confiável das condições e riscos das instalações na residência”, reforça a coordenadora.

De acordo com o Anuário Estatístico de Acidentes de Origem Elétrica, recém divulgado pela Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), só em 2020 foram registrados mais de 1.500 acidentes, entre choques elétricos, incêndios por sobrecarga de energia (curto-circuito) e descargas atmosféricas (raios). Destes, 764 foram fatais. “Desconhecer ou negligenciar os riscos pode custar a vida na hora de executar um serviço ou usar a instalação elétrica. A Energisa leva a energia elétrica até a casa das pessoas, mas também tem preocupação de que todos façam o uso seguro e consciente dessa energia”, enfatiza Juliana.

Algumas medidas são imprescindíveis para reduzir os riscos de acidentes e evitar choques elétricos e curtos-circuitos. Confira as orientações da Energisa Sul-Sudeste:

- Peça a um eletricista profissional para fazer a revisão das instalações elétricas da sua casa.

- Fiação elétrica antiga pode ocasionar fuga de energia e colocar em risco a segurança do imóvel. Como prevenção, é importante fazer a inspeção e manutenção em todos os pontos das instalações elétricas.
- Ao realizar qualquer reparo, seja trocar uma lâmpada, consertar a tomada ou o chuveiro, desligue o disjuntor, assim evita-se o risco de acidente elétrico.

- Certifique-se de que a tensão do equipamento é compatível com a tensão da tomada no qual será ligado.

- Ao jogar água dentro de casa, tenha o cuidado de não molhar as tomadas.

- Atenção aos fios desencapados! Eles podem causar choques e curtos-circuitos.

- Equipamentos muito potentes, como micro-ondas e máquinas de lavar roupa, devem ganhar uma tomada exclusiva.

- Ao trocar o chuveiro, não instale outro de maior potência sem antes avaliar se a instalação está adequada.

- Evite usar benjamins e extensões para ligar vários aparelhos. Esses dispositivos podem gerar sobrecarga e provocar um curto-circuito e até incêndio.

- Desvie a fiação para evitar o contato com locais aquecidos, como fornos, por exemplo. Superfícies quentes podem ocasionar a degradação da capa isolante dos fios e causar acidentes.

Acesse o site www.energisa.com.br e confira mais dicas de segurança envolvendo a rede de energia elétrica.

Fonte: Energisa

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam