Exposição do Inatel conta a história das telecomunicações no SerraSul Shopping

Exposição do Inatel Cultural no SerraSul Shopping

Um dos mais conceituados centros de ensino em telecomunicação do Brasil, Instituto traça uma linha histórica desde o telégrafo até o smartphone. Exposição teve início no sábado (15) e vai até o dia 20 de novembro

A primeira metade do século XIX revelou ao mundo uma inovação tecnológica que revolucionaria a comunicação global, o telégrafo. O aparelho permitiu, pela primeira vez, a troca de informações a longas distâncias em tempo real. Não era simples, não era barato e ainda era preciso enviar as informações em código para depois serem decodificadas. O telefone tornou tudo mais simples. O celular trouxe mobilidade e o smarthphone uma nova fronteira, conectando tudo e todos. É esta fascinante história sobre como a comunicação revolucionou a sociedade contemporânea, que o Inatel Cultural está contando no SerraSul Shopping, na exposição História das Telecomunicações.

E quando se trata de telecomunicações, o Inatel é uma das grandes autoridades do país sobre o assunto. Fundada em 1965, foi a primeira faculdade brasileira a se dedicar ao ensino da disciplina. “A ideia é trazer para o shopping um pouco da história do segmento tecnológico que mais contribuiu para o avanço da sociedade da informação”, conta a assessora de marketing do SerraSul Shopping, Janaína Montanhini, destacando que a região é parte importante dessa história no Brasil.

Para a assessora de comunicação e marketing do Inatel, Mirella Silva, a exposição faz também um resgate histórico da importância que ETE e Inatel tiveram e têm no desenvolvimento da telecomunicação nacional. “Um dos focos da mostra é compartilhar um pouco do conhecimento adquirido pelas instituições de ensino ao longo de sua história e demarcar a importância de ambas para o segmento de telecomunicações e tecnologia no Brasil”, conta.

Apesar da envergadura das duas instituições de ensino, a história delas é pouco conhecida na região. Daí mais um objetivo da exposição. O Inatel desenvolve diversos projetos estratégicos de ponta na área das telecomunicações. Ele é, por exemplo, o representante brasileiro no grupo de trabalho global que define os padrões da tecnologia 5G, a nova fronteira da conectividade móvel no planeta.

O acervo exposto pelo Inatel Cutlural pertence à ETE, a Escola Técnica de Eletrônica Francisco Moreira da Costa, outra joia da eletrônica de Santa Rita do Sapucaí. Fundada em 1959 por Sinhá Moreira, nasceu como a primeira escola técnica de eletrônica de nível médio da América Latina. As duas instituições de ensino ajudaram Santa Rita do Sapucaí e região a se converterem em um dos principais polos eletrônicos do Brasil.

A região é conhecida atualmente como “Vale da Eletrônica”. A relação produtiva entre os centros de ensino, startups e empresas de tecnologia rendem comparações inclusive com o Vale do Silício americano, encubadora de potências mundiais da tecnologia como Microsoft, Apple, Google e Facebook.

Sobre o Inatel Cultural

O Inatel Cultural é um programa desenvolvido pelo Inatel com o objetivo de promover a interação social e a formação cultural de alunos, funcionários e da comunidade em geral. A partir dele, o Inatel apoia ações intelectuais e artísticas.

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam