Joanópolis realizará vacinação contra HPV em meninas entre 11 e 13 anos

vacinacaohpv_joanopolis

A Secretaria Municipal de Saúde de Joanópolis/SP realizará a vacinação contra o papiloma vírus humano (HPV) em meninas e adolescentes entre 11 e 13 anos. A campanha terá inicio na próxima segunda-feira, dia 10/03, e as vacinações acontecerão no posto de saúde e nas escolas públicas e privadas de todo o município.

Para garantir proteção completa, a imunização ocorrerá de forma estendida, em três doses. A segunda aplicação deve ser feita seis meses depois da primeira e a terceira, cinco anos depois.
A Vigilância Sanitária e Epidemiológica de Joanópolis explica que as vacinações devem acontecer nesta faixa etária por que é o momento que a produção de anticorpos contra o HPV tem maior eficácia. Além disso, na grande média da população brasileira, meninas nessa faixa etária ainda não possuem vida sexual ativa, que é quando essas futuras mulheres estarão sob risco do vírus HPV.
Vacinação nas escolas
Para ser vacinada na escola, a menina precisará da concordância da família/responsável e deverá apresentar o cartão de vacinação. Caso os pais ou responsáveis não autorizem, os mesmos deverão preencher o termo de recusa, entregue na própria escola para todas as meninas que irão receber a vacina.
Datas das vacinações:
- Dia 14 de Março nas escolas Emília, Bayeux e Anglo.
Dia 21 de Março na escola Vicente de Camargo Fonseca.
As meninas que completarão 11 anos durante o ano de 2014, mesmo sendo após o período da campanha, também receberão a vacina, basta procurar o Posto de Saúde do nosso município.
Importante: Não esqueça de levar a carteira de vacinação.

O HPV
Ao todo, há mais de cem tipos de HPV, vírus transmitido principalmente por meio de relação sexual, pelo contato direto com a pele ou mucosas infectadas. A vacina que será aplicada no Brasil protege contra os quatro tipos mais recorrentes de HPV: 6, 11, 16 e 18 – os dois primeiros ligados a 90% das verrugas genitais e os dois últimos, a 70% dos casos de câncer de colo do útero.
Em 2011, 5.160 mulheres morreram em decorrência dessa doença, o terceiro câncer mais comum entre as brasileiras, atrás dos tumores de mama e colorretal.
A vacina que será usada pelo SUS tem eficácia de 98,8% contra o câncer de colo do útero. A vacinação contra o HPV é uma precaução do câncer de colo do útero. Não é terapêutica, portanto, deve ser recomendada como uma medida preventiva, e não curativa. A vacina não substitui a realização do exame preventivo (papanicolau) nem o uso de preservativos.

 

Foto: Reprodução

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam