Mulheres Valentes lança Cartilha de Enfrentamento da Violência Doméstica e Familiar Contra as Mulheres

Na noite de terça-feira, 20, foi realizado o evento de lançamento da Cartilha de Enfrentamento da Violência Doméstica e Familiar Contra as Mulheres. O evento contou com a presença da atriz e modelo Renata Banhara, que recebeu o Título de Embaixadora do Projeto Mulheres Valentes de Extrema.

Renata Banhara, depois de sofrer agressões de seu ex-marido, passou a ser uma ativista na luta pelos direitos das mulheres, fundando a ONG SOS Mulheres. Durante o evento, ela contou suas experiências de luta e a importância das denúncias por parte das vítimas de agressão, pois somente através delas a mulher pode conseguir apoio social, assistencial e jurídico.

Após os momentos de cerimonial, o grupo de Zumba nos Bairros, projeto encabeçado pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), dançou ao som da música “Mulher Guerreira” do grupo Atitude Feminina, e fez uma bela encenação revelando a violência doméstica com “Triste, Louca ou Má”, música da banda Francisco, el Hombre.

De acordo com a gerente assistencial do município, as ações relacionadas ao projeto irão coibir os diversos tipos de violência e estimular a denúncia. “Mulheres Valentes foi idealizado e constituído para dar voz a quem ainda se vê oculta no silêncio das agressões, no silêncio que vitimiza e oprime. Desde a infância, valores culturais são reforçados diariamente pelos meios de comunicação e pela sociedade. Ainda vivemos as culturas patriarcais que estabelecem relações de dominação e submissão entre os gêneros. Mulheres Valentes é o nosso grito de basta”, destacou Rita Bernal.

Segundo números levantados pelo G1, o portal de notícias da Globo, em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a cada duas horas, uma mulher morre no Brasil vítima de violência. Um dos principais objetivos da Secretaria Municipal de Assistência Social é prevenir riscos sociais e dessa forma, executas programas, projetos e ações que objetivam a proteção social.

A ideia do projeto nasceu dentro da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher de Extrema, encabeçada pela vereadora Telma Maciel. “Vivemos uma realidade muito difícil atualmente em nosso país, com mulheres sendo agredidas o tempo todo, muitas vezes, assassinadas. São crimes silenciosos, que acontecem na maioria das vezes dentro da própria casa”, explicou Telma. Este é o primeiro evento a ser realizado em total parceria entre Prefeitura, Secretaria Municipal de Assistência Social e Câmara de Vereadores.

Mulheres Valentes é um projeto que visa o fim de qualquer tipo de violência contra a mulher através da valorização, respeito e dignidade, colaborando para que mulheres vítimas de agressões tenham coragem de contar suas histórias e lutar pelos seus direitos.

A programação começou no dia 7 de agosto com a “Caminhada do Agosto Branco”, reunindo mulheres e homens engajados com a causa. Entoando o grito “Mulheres valentes e homens conscientes”, a passeata saiu da Praça Presidente Vargas, percorrendo ruas do centro de Extrema, terminando o percurso no Extrema Futebol Clube com uma benção ecumênica. Além da caminhada, a programação contou com a exibição do filme “Vidas Partidas” no dia 13, buscando trazer uma reflexão sobre a prevenção contra o abuso e a violência doméstica.

Fonte: ASCOM – Prefeitura de Extrema

Rita Bernal, Fátima Apª da Silva Queiroz, Telma Maciel, Dra. Maria Fernanda Manfrinato Braga, Sebastião Luis da Costa Marques, Terezinha Monteiro e Renata BanharaL60A5957L60A6189

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam