Sul de Minas já fatura com frutas exóticas

Frutas_RegiãoO presidente da Fiemg Regional Sul (Federação das Indústrias do Estados de Minas Gerais), Ary Novaes, costuma brincar com empresários de outras regiões, dizendo que o Sul de Minas não é tão rico quanto parece. Mas o perfil da região prova o contrário.

Além de polo industrial, o Sul de Minas é referência em tecnologia de ponta. Basta citar as cidades de Santa Rita do Sapucaí, com empresas fabricantes do que há de mais moderno em termos de televisores, e Itajubá, centro tecnológico por excelência e única cidade no Brasil a montar helicópteros franceses. Agora, a região também se especializa na produção das chamadas frutas exóticas.

Beneficiadas pelo clima e por terrenos mais planos, a região cultiva hoje frutas como a atemoia, uma espécie de fruta-do-conde, maior e mais saborosa. Cultiva também o caqui, pêssego, nectarina, ameixa, uva, banana, lixia, uva e decopon, uma mexerica sem caroços. Do total da produção, 15% vão direto para Dubai, nos Emirados Árabes. Uma outra frente de exportação está sendo aberta com o Canadá, explica Novaes. “Agora, queremos que o produtor rural utilize embalagens feitas em Minas Gerais; para isto precisamos ter preço e qualidade”, arremata Novaes.

A Fiemg promoveu nesta semana em Pouso Alegre/MG o programa “Rotas para o Futuro” cujo objetivo é impulsionar o plano de desenvolvimento de diversas regiões do Estado. Para o presidente da entidade, Olavo Machado, quanto maior for a demanda, maior é a necessária da presença da indústria. “A Fiemg quer descobrir novos nichos de mercado e ajudar a implementá-los, de forma a contribuir com o desenvolvimento do Estado como um todo”, alegou. O vice-governador Alberto Pito Coelho ressaltou que a região está no foco de iniciativas de desenvolvimento. “Cerca de US$ 4 bilhões já foram investidos aqui nos últimos dez anos, o que significa que Pouso Alegre tem recebido uma atenção especial do nosso governo”, disse. (Fonte: O Tempo/Economia)

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam