Vereadores autores do projeto de lei municipal do Dia da Consciência Negra falam da importância da data

Mantega, Juninho e Leandro

Os vereadores da Câmara de Extrema/MG, Edvaldo de Souza Santos Junior – Juninho da Dello, presidente, Luiz Fernando Ferreira – Mantega, vice-presidente, e Leandro Marinho, 1º secretário da mesa diretora, são os autores do Projeto de Lei Nº 3.188 (de 20 de dezembro de 2013) que denota a data de 20 de novembro como o Dia da Consciência Negra.

“O Legislativo primou pela proposta de lembrar a data com base no dia da morte do líder negro Zumbi, que lutou contra a escravidão no nordeste. A celebração, que há alguns anos acontece no nosso município, faz alusão à importância de refletir sobre a posição dos negros na sociedade e a sua fundamental participação na contribuição do crescimento do nosso país. Infelizmente nos deparamos – mesmo nos dias atuais – com registros de diversas formas de racismo, por isso torna-se necessário lutar contra qualquer tipo de discriminação, afim de combatê-las com consciência e muito respeito. A construção social de uma nação se faz pela diversidade, seja ela por sua cor e crença, por exemplo”, destacaram os vereadores.

Leandro Marinho, Juninho da Dello e Mantega lembraram ainda que a data, que designa um basta contra a discriminação e a desigualdade social, serve para que o homem exerça a reflexão sobre as questões raciais no país, com o objetivo de ampliar os direitos conquistados pela comunidade negra brasileira nos últimos anos. “O Dia da Consciência Negra molda-se também como um pano de fundo para a abertura de discussões e debates sobre questões como a prevenção da violência contra a juventude negra, por exemplo. Acreditamos que no dia em que pararmos de nos preocupar com a consciência negra, branca ou amarela certamente o racismo desaparecerá, porém é preciso salientar a resistência do povo negro para avançarmos na luta por uma sociedade livre de toda forma de opressão. Enquanto a cor da pele dos homens valer mais do que os valores internos, sempre haverá o desamor. Por dentro todos são da mesma cor!”, frisaram os vereadores.

Fonte: Ascom – Câmara de Extrema

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam