Visita técnica da Prefeitura em galpão industrial flagra furto de telhas de zinco

03.04.2018 Vistoria terreno antiga Sagemüller (2)

Três pessoas são autuadas pelo furto ocorrido no galpão industrial da antiga SAGEMÜLLER S.A. O terreno situado no bairro Água Comprida pertence ao Município.

Na última terça-feira, 3, a Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da equipe da Secretaria Municipal de Governo, apresentou um terreno do município para uma indústria com interesse em abrir uma filial na cidade A ação aconteceu por intermédio da Investe SP – Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade.  O terreno fica na Rodovia Aldo Bolini, no bairro Água Comprida, antiga instalação da SAGEMÜLLER S.A.

A Investe SP entrou em contato com a Administração Municipal, no mês de março, para falar sobre o interesse da indústria em vir para o município, após troca de informações sobre o terreno (metragem e estrutura), foi marcada uma visita técnica no lugar com um representante da empresa.

Durante a vistoria, a equipe da Prefeitura surpreendeu três indivíduos retirando as telhas de zinco do galpão existente no terreno. Ao serem questionados, alegaram que estavam no local realizando um serviço para um senhor chamado Rogério, que os contratou para o trabalho.

A equipe no local acionou a Guarda Civil Municipal, que chegou rapidamente no local com viatura, três guardas e duas unidades da Ronda Ostensivas (ROM). Após abordagem dos Guardas Civis Municipais, os três indivíduos, um deles menor de idade, foram encaminhados para o Plantão da Polícia Civil de Bragança Paulista, para registro do Boletim de Ocorrência.

Os envolvidos nessa ação foram autuados por furto qualificado e dada voz de prisão em flagrante. O rapaz, menor de idade, foi encaminhado ao Conselho Tutelar, enquanto os outros dois ficaram na unidade policial para serem apresentados em audiência de custódia junto ao Fórum.

Histórico do terreno: O local foi doado à Indústria SAGEMÜLLER S.A. através da Lei Complementar nº 126 de 28/06/1996, contudo, a empresa foi a falência e a área doada e as benfeitorias nela existentes foram revertidas ao Município.

Fonte: DIMP/Bragança Paulista

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam