Polícia prende autores de roubo a casa lotérica em Cambuí

Idosa foi vítima de bala perdida em troca de tiros

camanducaia_cambui_crime (6) camanducaia_cambui_crime (5) camanducaia_cambui_crime (4) camanducaia_cambui_crime (3) camanducaia_cambui_crime (2) camanducaia_cambui_crime (1) camanducaia_cambui_crime (7)

No dia 10 de abril de 2014, a Polícia Militar de Cambuí foi acionada para atender a uma ocorrência de roubo a uma casa lotérica da cidade. Dois homens entraram no estabelecimento, anunciaram o assalto e evadiram em uma motocicleta vermelha.

No momento do roubo, um Policial Militar que estava de folga passava pelo local e avistou quando os dois homens iniciavam a fuga. O policial ligou para o 190 e duas viaturas foram deslocadas para tentar abordar a motocicleta. Já na BR-381, uma das viaturas deparou com os autores, sendo que o passageiro da motocicleta sacou uma pistola .380 e efetuou disparos contra a viatura policial.

A viatura continuou a perseguir os autores e foi acionado um bloqueio policial na cidade de Camanducaia, onde os assaltantes não conseguiram passar e abandonaram a motocicleta, correndo para uma mata às beiras da rodovia. Durante a fuga, um dos autores efetuou disparos contra os policiais e, para se defender, os policiais dispararam contra os fugitivos, que continuaram a fuga para a mata.

Enquanto faziam o cerco à mata onde os assaltantes se embrenharam, os policiais foram informados que uma idosa havia sido atingida no peito, provavelmente por um dos projéteis disparados pelos assaltantes em fuga, já que efetuavam os disparos de forma aleatória. Foi acionada uma equipe de socorro da concessionária que administra a Rodovia BR-381, que prestou os primeiros socorros à idosa, de 83 anos, contudo a vítima não resistiu ao ferimento, morrendo no local.

Foram acionadas viaturas das Polícias Militar e Civil das cidades vizinhas e foi montado um grande cerco na mata onde os assaltantes estavam escondidos e os policiais conseguiram localizar os dois fugitivos, identificados como Renato Martina da Cruz, de 34 anos e Salomão Assunção Tavares, de 26 anos, ambos oriundos de São Paulo/SP. Após serem presos, os policiais verificaram que ambos apresentavam escoriações em razão da fuga na mata e que Salomão teria estava com um ferimento no braço direito, provavelmente causado por arma de fogo, não sendo possível informar se por tiros da polícia ou do seu próprio parceiro, já que a munição transfixou o membro.

Os autores contaram aos policiais que não tiveram apoio de outras pessoas para praticar o crime e que teriam visitado a cidade de Cambuí em data anterior, a pretexto de vender vassouras, quando observaram a movimentação na cidade e planejaram a ação criminosa.

Junto com os autores, a Polícia Militar localizou a arma utilizada no crime, uma pistola Taurus calibre .380 e uma mochila, que continha o dinheiro e cheques levados no assalto à lotérica. A motocicleta utilizada para a fuga foi apreendida.

A arma apreendida, a motocicleta e o dinheiro recuperado foram encaminhados à Polícia Civil, juntamente com os autores presos.

 

Assessoria de Comunicação Organizacional da 27ª Cia PM Ind

Pin It

Um comentário em “Polícia prende autores de roubo a casa lotérica em Cambuí

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam