Revitalização do Cine Itá é concluída e Atibaia ganha novo espaço cultural

O icônico prédio da década de 50 foi revitalizado e funcionará como um complexo cultural com galeria e espaço socioeducativo voltado às artes

Por muito tempo, ele ficou meio esquecido ali no seu canto, atrás da Igreja Matriz. Vez por outra, moradores que o conheceram no seu esplendor e artistas reivindicavam a revitalização do Cine Itá, que apesar da deterioração, ainda guardava parte do charme de outrora. A gestão que governou a cidade de 2013 a 2020 assumiu com a classe artística e a cidade o compromisso de resolver esse problema e, mesmo diante dos inúmeros percalços e dificuldades encontrados no caminho, não desistiu. E foi assim que, após a conclusão das obras de reforma e ampliação do prédio, o Cine Itá foi finalmente devolvido à Atibaia como um novo complexo cultural.

A inauguração da tão sonhada revitalização aconteceu no auditório do novo complexo no penúltimo dia de 2020, 30 de dezembro, e foi o último ato público dessa gestão, bastante simbólico e significativo do que ela representou para a cidade.

Inaugurado em 1950, o Cine Itá abrigou por muitos anos um cinema e um teatro, tornando-se ícone da atividade cultural da cidade. Como foi lembrado na cerimônia de inauguração que devolveu esse espaço aos ofícios das artes, o Cine Itá, como a maioria dos espaços culturais no Brasil, também sofreu dificuldades financeiras e passou por inúmeras fases, em décadas anteriores, tendo sido alugado, vendido, arrendado, desapropriado, desativado, e até mesmo invadido para, finalmente, ser ampliado, reformado e devolvido revitalizado para a cidade utilizar.

Auditório “Vilma Vasques Guzzi”
O agora Cine Itá Cultural passou por um processo de ampliação e reforma que incluiu serviços de alvenaria, cobertura e impermeabilização refeitos, a implantação de partes elétrica e de hidráulica, das esquadrias e de louças, metais e acessórios, a instalação de um novo sistema de ar-condicionado e sonotecnia, além de serviços de revestimentos, acabamentos, pintura e requalificação das condições cenotécnicas do teatro.

A revitalização teve o propósito de ampliar e conceituar o espaço como um complexo cultural que contasse com uma galeria e um espaço socioeducativo voltado às artes, tendo acontecido a incorporação dos dois imóveis vizinhos ao conjunto, o que permitiu a construção de uma área de apoio e convívio que poderá receber pequenas apresentações de dança, musicais ou exposições.

O auditório do novo espaço será usado principalmente como teatro, mas poderá ter também exibição de filmes e outras apresentações culturais, tendo recebido o nome de “Vilma Vasques Guzzi” em reconhecimento ao trabalho da artista e professora que participou da fundação dos renomados corais “Pró-Arte” e “Amigos da Criança”, duas vezes homenageada pela Câmara Municipal – com a medalha “Padre Mateus Nunes de Siqueira” e o título de cidadã honorária – por suas contribuições à Cultura de Atibaia.

Fonte: ASCOM – Prefeitura de Atibaia

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam