Toledo não registra nenhum caso suspeito de dengue

100_3907

Continuidade na força-tarefa contra o mosquito Aëdes aegypti- Toledo/MG começou 2015 com um recorde histórico. A atuação da equipe da Prefeitura Municipal de epidemiologia e Saúde tem uma marca expressiva para se orgulhar: Nenhum caso de Dengue foi registrado no município até março deste ano, mas, em se tratando de doenças endêmicas, nem mesmo o índice zero é suficiente para deixar os agentes totalmente tranqüilos. Como nessa época do ano as chuvas são mais frequentes e o acumulo de água parada favorece a proliferação do mosquito que transmite à dengue. “A Secretaria Municipal de Saúde já deu andamento a algumas medidas emergenciais, porém o mais importante é o apoio da população, que pode evitar o acumulo de objetos que sirvam de criadouros para o mosquito e também atuarem em conjunto com os agentes, facilitando o acesso às residências para verificação de focos e possíveis alertas”, argumentou Margarete.

Cidade preparada - Desde o início do verão, estação que favorece a proliferação do mosquito, o departamento de epidemiologia e saúde tem feito um amplo trabalho de orientação com foco na capacitação de todos os profissionais do setor. “Essas ações de orientação interna têm o objetivo de preparar nossos profissionais para que eles conheçam todo o processo de conscientização da comunidade, para prevenir os focos do mosquito até a identificação, notificação e tratamento da doença”, explica a responsável pelo setor.

O prefeito Vicente P.S. Neto complementa que a expectativa da Secretaria da Saúde é que a população também se envolva nas ações e cumpra o papel no combate à dengue. “Buscamos a integração das Secretarias porque entendemos que a dengue não é um problema exclusivo da Saúde. E envolve também a sociedade civil. É preciso que a população também cumpra o seu papel”, disse Vicente, explicando que toda equipe trabalha para prestar um atendimento aos munícipes e visitantes que seja capaz de conter a propagação e evitar os riscos da doença.

“É um trabalho de formiguinha. Como praticamente não temos registro da doença na cidade, a tendência é que a comunidade relaxe nos cuidados. Nossa missão é permanecer vigilantes e chamar a atenção da sociedade para a ocorrência dessa verdadeira guerra contra um inimigo quase invisível”, finalizou Margarete.

As principais recomendações e cuidados são eliminar água que fica acumulada em calhas, ralos, pratos de vasos de plantas e pneus, além de manter caixas d’água bem fechadas. São atitudes simples que podem impedir a proliferação do mosquito transmissor da dengue.

Toda população deve estar também atenta aos sintomas da doença: febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores no corpo e o aparecimento de manchas vermelhas pelo corpo. Na presença de alguns desses sintomas é importante procurar imediatamente o serviço de saúde e nunca se automedicar. A Secretaria de Saúde Municipal está apta para oferecer tratamento adequado e acompanhamento médico gratuito. fiquem ligados, estaremos divulgando a data do dia D, contra dengue, para que a população coloque qualquer que em seu quintal que possa servir de deposito para as larvas do mosquito.

A Prefeitura está se programado para a realização do dia “D” contra a Dengue, estará divulgado a data para a ação “Cata Treco” recolherá entulhos que não podem ser retirados pela coleta de lixo, como eletrodomésticos, computadores, sofás, camas, colchões, mesas e todo tipo de objetos que não servem mais para o uso e que serão descartados. Com a iniciativa, a Prefeitura orienta a população de como fazer o descarte correto e evitar que esses utensílios possam servir de deposito para as larvas do mosquito.

 

 

ASCOM Prefeitura de Toledo

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam