Uma história de emoção…na semana do dia das mães

marcielilucasedavi

Na madrugada desta terça-feira, dia 05 de maio, por volta das 03h30min da manhã, a Central de Regulação recebeu um chamado pelo 192 para atender um trabalho de parto no município de Santa Rita do Sapucaí-MG. No momento do atendimento, a viatura da base estava em outra ocorrência na cidade e o médico regulador Dr. Tadeu Henrique Pereira, solicitou a equipe de APH do Município para deslocar até local (Zona Rural), até que a viatura estivesse liberada. Enquanto isso, Dr. Tadeu continuou ao telefone com o pai da criança, que seguiu todas as orientações do médico e que acabou realizando sozinho o parto de seu primeiro filho, antes mesmo do socorro chegar a sua residência.

O Jornal O Registro entrou em contato com a família, que contou um pouco dessa emoção vivida pelo casal de primeira viagem.

Depois do susto o jovem casal, Marcieli Cristina Graciano de Oliveira, 19 anos e Lucas Maurício Teixeira, 22 anos são só chamego com o pequeno Davi Lucas. A chegada do primeiro filho causou grande emoção ao casal devido à forma inusitada que chegou ao mundo, e o casal não imaginava que sua chegada teria tanta repercussão.

Os pais moram na Zona Rural, no bairro Vilelas e fica há aproximadamente 6 Km do hospital da cidade. O casal não possui carro e estavam sozinhos em casa quando Marcieli começou a ter contrações.

De acordo com o pai, por volta da 01h da madrugada a mãe se levantou com fortes dores e foi até o banheiro, as dores só iam aumentando, nesse mesmo tempo ele tentou contato com o SAMU, que estava em outra ocorrência e entre as 02h40 – 03h00 resolveu pedir ajuda ao vizinho para levar a esposa até o hospital. Quando foi sair para chama-lo a esposa gritou – “Davi está nascendo” e disse que não iria aguentar, ele voltou e foi tentar ajudar a esposa a sentar na cama.

“ Coloquei a Marcieli na cama e vi que a cabeça do bebê já estava saindo”, disse.

Então, Lucas foi chamar a esposa do vizinho para ajuda-lo. A esposa foi tentar sair do quarto para ir até o carro do vizinho, foi quando veio a forte contração e ela não aguentou. O pai ajudou-a a se deitar no chão e o bebê nasceu ali mesmo.

“ele nasceu e veio todo aquele sangue, gordura e placenta junto. Foi Deus mesmo porque eu não posso nem ver sangue”, comentou o pai.

Assim que o bebê nasceu o médico do SAMU retornou a ligação e foi passando as instruções de como Lucas deveria proceder. “O médico falou os procedimentos, que eu deveria acalmar a mãe, enrolar o bebê, amarrar o cordão umbilical com fio dental”, falou.

A ambulância do hospital da cidade chegou e socorreu a mãe e o bebê. Os pais e o bebê já estão em casa, curtindo a nova vida. Davi Lucas nasceu com 3,410Kg, e 50 cm e passa bem.

“Ele é uma benção, bonzinho demais, não dá nenhum trabalho”, disse o pai com grande alegria.

Para Marcieli não há como descrever tanta emoção, “é uma mistura de nervosismo, agonia, desespero, mas agora é só alegria e felicidade”.

“Vai ser o primeiro dia das mães de muitos, mas este é muito especial. Não tenho nem como explicar”, finalizou Marcieli.

Foto: arquivo pessoal

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam