Mutirão da saúde já custeou mais de R$ 400 mil em exames e cirurgias em 2018

121661e2-e628-4de0-8163-06d13bedbf52

A Prefeitura de Extrema já pagou, neste ano, mais de 200 procedimentos a pacientes que esperavam por cirurgias e exames. Agora essas pessoas vão custear, na rede particular de saúde, os tratamentos que tanto aguardavam para melhorar sua qualidade de vida. O valor investido só em 2018 já chegou a R$ 434.790,25.

O mutirão de exames e cirurgias paga de 50% a 100% do valor dos procedimentos. O mais barato deles custou R$ 70, referente a uma gasometria, exame de sangue colhido de uma artéria e que tem objetivo de avaliar os gases distribuídos no sangue, o pH e o equilíbrio ácido-básico. Já o procedimento mais caro até agora este ano foi no valor de R$ 31.800, referente ao custo de uma prótese.

O mutirão funciona assim: o Executivo elabora diversas leis autorizando o pagamento de exames e cirurgias na rede privada. A Câmara Municipal tem se mostrado parceira da iniciativa e aprovado os procedimentos. O recurso é repassado pela Prefeitura diretamente ao cidadão, que faz seu tratamento de saúde e, posteriormente, comprova o uso correto do dinheiro. Com a medida, a Prefeitura objetiva zerar a fila de espera por exames e cirurgias, que demorariam até 7 anos se fossem feitos pelo SUS.

Em 2017, foram investidos R$ 2 milhões nos mutirões, responsáveis por mais de 1.000 cirurgias e mais de 800 exames.

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam