“Movimento Mulher de Extrema” fala sobre Projeto de Resolução aprovado

telma terezinha e karina

Primeira-dama, Vice-primeira-dama e autora do projeto falam sobre a Comissão Especial de Defesa do Direito da Mulher aprovada por unanimidade

No último dia 27 de novembro foi aprovado o Projeto de Resolução nº 83 que “Institui comissão especial em Defesa do Direito da Mulher e dá outras providências, de autoria da vereadora Telma Maciel foi aprovado por unanimidade.

A reunião teve a participação da Primeira-dama, Terezinha Monteiro e da Vice-primeira-dama, Karina Rubin, que fizeram uso da tribuna durante a sessão e falaram um pouco sobre o projeto e do Movimento Mulher em Extrema.

De acordo com Terezinha, a importância maior do Movimento é ouvir as mulheres e ele surgiu durante algumas reuniões do João Batista e do e do Juliano quando começou a campanha. Ao perceberem que a participação das mulheres era um número muito reduzido e que quase não participavam, onde muitas vezes só os homens falavam, e os assuntos relacionados as mulheres ficavam de lado, com assuntos mais masculinos e por diversos momentos a mulher se sentia com vergonha em fazer perguntas sobre interesses destas, perceberam a necessidade e importância de criar um momento da mulher.

“Outra dificuldade também era a participação das esposas dos candidatos da grande maioria em participar da campanha, foi uma maneira de mostrar para as mulheres que devem e podem estar ao lado do seu marido principalmente numa campanha política principalmente se o assunto for política. Isso foi um primeiro momento”, comentou.

Durante os encontros entre mulheres, percebeu-se que as mulheres, além de ser ouvidas, gostam de lideranças, de se espelhar nos exemplos positivos de outras mulheres, de saber se posicionar na sociedade. Todas passam pelo mesmo caminho e que é uma escolha de cada uma querer ser forte ou não, se quer acompanhar o marido de igual para igual ou não.

Para Terezinha a aprovação do projeto tem uma importância muito grande, sendo um primeiro passo para a mulher começar a ser ouvida e não é só isso, para ela ser vista, para ser pensada, para ser respeitada. “Tenho certeza que a mulher será muito bem ouvida dentro do Legislativo, e o primeiro passo dentro de um órgão público para que a mulher seja vista, pensada dentro da sociedade”, enfatizou.

Dentre os diversos assuntos à serem abordados, um que se destaca, e que Terezinha acredita que será trabalhado é o combate contra a violência à mulher, pois este é um tema que de acordo com a promotoria é assustador, tendo um número enorme de ocorrências. Neste âmbito é possível se pensar numa delegacia da mulher, envolver mais órgãos públicos e privados direcionados ao atendimento da mulher.

“Ter uma comissão voltada para a mulher é fantástico, muito importante e junto com Movimento Mulheres de Extrema, junto com a Promotora que é uma figura feminina muito forte, de excelente exemplo na cidade, a figura da nossa Juíza que é uma mulher maravilhosa, jornalistas, médicas, advogadas, donas de casa, professoras, psicólogas, diversas profissões que vão poder participar ativamente neste propósito e fazer projetos voltados para a mulher”, comentou.

O “Movimento das Mulheres de Extrema” para o próximo ano será mais ativo e participativo. Este ano as ações ficaram voltadas para a administração de João e Juliano, e segundo Terezinha para 2018 o movimento se tornará mais forte, pois há muita cobrança.

“Agora nesses três últimos anos eu acredito que queremos ficar ao lado deles somando mais e mais. E nossa figura feminina foi de realmente mostrar nesse primeiro ano o companheirismo, o amor, a cumplicidade, tudo o que a gente quer passar de bom para as mulheres que são casadas e têm namorados, ou seja, essa cumplicidade de relacionamento”, teceu.

A Comissão, para a Primeira-dama, vem para somar forças e fazer valer o direito da mulher. Será um marco importante para a história de Extrema e será um passo para novas conquistas.

Para a Vice-primeira-dama Karina Rubin, essa Comissão é muito importante, pois as mulheres querem falar, querem ter voz, e estão ansiosas para falar. Com a criação do “Movimento Mulher de Extrema, isso foi muito perceptivo e algo que começou pequeno, logo ficou grandioso, pois de início pensava-se em atingir em torno de 300 mulheres e ao final da campanha já tinha alcançado mais de 1.500 mulheres. “Isso mostra o quanto a mulher quer participar, quer falar e estão ansiosas para isso. E hoje temos orgulho em falar que esses encontros trouxeram resultados positivos para as mulheres extremenses”, disse Karina.

Um dos resultados positivos, segundo Karina, foi a realização de mais de 200 mamografias liberadas pela Prefeitura, para mulheres que não se enquadravam no projeto do Ministério da Saúde, pois não se enquadravam na idade, mas eram mulheres que precisavam fazer por um histórico de câncer na família, é uma prevenção.  “Foi tão gratificante ouvir alegria dessas mulheres em saber que elas estavam sendo ouvidas, em saber que a saúde delas estava sendo privilegiada, estava sendo ouvida, escutada”, comentou.

“Esse projeto é um projeto para Extrema, onde todas as mulheres poderão contribuir, com diversas ideias para melhorar a cidade e estou à disposição para o quer for preciso”, finalizou Karina Rubin

De acordo com a vereadora Telma Maciel, esta é uma comissão que foi criada a partir de uma ideia vinda de uma reunião há mais de 06 meses em Belo Horizonte. “Vários municípios do Sul de Minas já possuem esse trabalho voltado especificamente as mulheres, em defesa dos direitos da mulher e a partir dessa comissão irão surgir projetos importantíssimos de apoio de segurança, saúde, educação e principalmente e no Combate à violência contra mulher. Temos conhecimento que em nosso município essa transgressão também se torna cada dia mais frequente por isso, de início vamos focar nesse objetivo, depois consequentemente surgirão outros projetos que com certeza será um Marco na História de Extrema”, enfatizou Telma Maciel.

Para a vereadora é um projeto de formiguinha, onde haverá muito trabalho a ser realizado, numa busca incessante de grandes conquistas para a cidade de Extrema e que se transformará num grande castelo.

Foto: Cedida pela vereadora Telma Maciel

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Protected by WP Anti Spam